Boas Festas


Estes são os votos dos professores do 2º ano das Escolas: E.B.1 c/ J.I. da Pedra Mourinha e da E.B.1 de Chão-das-Donas.

Queremos também agradecer a gentileza do nosso blog amigo : Curiosos à Vista pelo lindo selo que nos deixaram.


A nossa Festa de Natal

Olá a todos, esperamos que as férias estejam a correr pelo melhor, e que o Pai Natal tenha sido generoso com todos.
No slideshow seguintes vão poder ver algumas fotos da nossa Festa de Natal, na E.B.1 c/ J.I. da Pedra Mourinha.
Estavam todos lindos, muitos Parabéns.






Actividades de Natal


Clica nesta imagem para poderes realizar várias actividades relacionadas com o Natal.
Diverte-te.

Festa de Natal

O Natal é época de paz, alegria, amor e harmonia. É também
uma quadra festiva, intensamente ligada às crianças, como tal, deve ser comemorada por elas.
É neste sentido que convidamos pais, familiares e amigos a assistirem à nossa Festa de Natal, onde os protagonistas são os nossos pequeninos.
Tal como foi informado na reunião:
-os rapazes (duendes) deverão levar vestido: uma camisola verde ou vermelha, uns calções de ganga e collants verdes ou vermelhas.
-os rapazes (pessoas da cidade cinzenta) deverão usar roupas cinzentas e pretas lisas.
-as raparigas (fadas) deverão levar: uma camisola lisa da cor da saia, a respectiva saia e collants às riscas.
-os/as apresentadores/as vestirão traje de gala.
Esperamos por si, no Clube da Pedra Mourinha, no dia 18 de Dezembro, pelas 21h00 (os alunos deverão comparecer 30 minutos antes).
Somente no final da Festa cada Enc. de Educação poderá levar o seu educando, depois de avisar o/a professor/a.

Tabuadas cantadas

Estas Tabuadas foram retiradas do site da Visão Online .
Para as poderes treinar podes consultá-las já aqui.

video

A história do Natal


Olá amigos,
nos links seguintes podem visualizar algumas histórias relacionadas com o Natal.
Devem clicar nas páginas e serão remetidos para outros sites onde deverão clicar de novo para iniciar a apresentação. Podem também ver um documentos com adivinhas de Natal muito interessantes.


A seguir vão poder imprimir imagens para colorir,

Bom fim-de-semana



Texto Livre

A família

A família é muito importante porque nos dá carinho e amor.
A minha família é formada por cinco pessoas, a mãe Paula, o pai Carlos, a mana Bárbara, o mano Daniel e eu, a Gabriela. também fazem parte da minha família, o meu pássaro, o meu porquinho-da-Índia e o meu esquilo.
A minha família é a melhor família do mundo e eu gosto muito dela.

Gabriela - 2º A

O Natal nas asas do arco íris

Na nossa sala lemos uma linda história de Natal, intitulada "O Natal nas asas do arco íris"
O Diogo fez uma bela ilustração. Parabéns Diogo!
2º A

Visita de Estudo à Escola de Trânsito de Lagoa



No dia 26 de Novembro fomos à Escola de Trânsito de Lagoa.
Foi um espectáculo!...
2º E












Eu gostei de andar de bicicleta.
Vitaliy










Eu gostei de andar no carrinho.
Samantha





Eu gostei de andar de bicicleta.
Nuno



Eu gostei de ser G.N.R. , de andar atrás do Nuno e de prevenir os acidentes.
Rafael Almeida







Eu gostei mais de andar de bicicleta porque a mota andava devagar.
Catarina

A Segurança

Este é o próximo tema de Estudo do Meio que vamos estudar.

Para te ajudar, podes consultar o site do Tinoni e Companhia, pois tem lá coisas muito interessantes.

Aqui podes também aprender mais sobre Regras de Segurança.

Podes também aprender e jogar no site de "Domingos no trânsito".

Neste site também podes aprender e divertir-te.





Aqui podes visualizar a apresentação do João Peão que vimos na sala.

No dia 24 de Novembro celebra-se a Convenção dos Direitos da Crianças.
Aqui podes colorir algumas imagens sobre os teus direitos.

Neste site podes fazer o download da história:
"Uma aventura na terra dos Direitos das Crianças"



Estas são algumas das nossas opiniões sobre o assunto. Escrevemos os textos e copiámo-los para o Magalhães para colocar no blog.
esperamos que gostem.

As crianças do mundo são todas diferentes. Porque há crianças de várias cores e raças, também no tipo de cabelo, no formato dos olhos…. Falam línguas diferentes e tem culturas diferentes. Mas têm todas os mesmos direitos.
Para mim as crianças não têm diferenças, gosto de brincar com todas. Porque somos todos humanos. Eu, na minha sala tenho um menino que tem a cor da pele diferente da minha, mas ele é fixe e às vezes brinca comigo.
Ana Sofia


Nós crianças somos todas iguais, todas com os mesmos direitos e direitos.
Devemos lidar com todas da mesma maneira, com todo o respeito e amizade.
Não importa a cor dos olhos, se é magra, ou gorda.
Nós devemos pensar com o nosso coração.
Se fossemos todos assim, o nosso mundo seria muito melhor.
Alice


Eu penso que todos os seres humanos são iguais .Por isso as crianças, lá por viverem em países diferentes, terem cores e culturas também diferentes, têm todo o direito de serem respeitadas e protegidas.
O respeito que nós crianças recebermos do mundo irá contribuir para o desenvolvimento do universo.
Gonçalo

Eu penso que as crianças do Mundo deviam todas ter os mesmos direitos.
Eu vi na televisão muitas crianças a passar fome e até havia crianças que os pais vendiam por menos de 30 euros para ganhar dinheiro. Essas crianças iam trabalhar no rio a pescar peixe quando deviam ir para a escola.
Nelson

No dia 20 de Novembro de 1989 foi fundada pelas Nações Unidas a Convenção dos Direitos das Crianças.
Eu penso que a Convenção devia ter mais do que 42 artigos, e na verdade tem 52 artigos, mas alguns não são relacionados directamente com as crianças.
A minha opinião é que as crianças deviam ter os mesmos direitos.
É bom saber que a Convenção das Crianças tem mais do que as dos adultos!
Rafael

Todas as pessoas têm os mesmos direitos por exemplo;
Tanto as crianças como os adultos têm o direito de ir à escola, todos podemos brincar juntos, temos a responsabilidade de nos ajudarmos.
Sara

Visita de Estudo ao Centro de Ciência Viva de Lagos





Visita de Estudo ao
Centro de Ciência Viva de Lagos


Na quinta-feira passada, a minha turma foi a Lagos.
Fomos visitar o Centro de Ciência, onde fizemos pega–monstros.
Para além dos pega-monstros também fizemos bolas saltitonas.
Depois, fomos brincar com muitos jogos, diverti-me imenso.
Também brinquei dentro de um barco, foi muito giro.
Eu gostei da visita de estudo.
Joana




Quando o pega-monstro foi para as minhas mãos, ele estava muito pegajoso e peganhento.
Quando a bola saltitona estava nas minhas mãos parecia farinha mas eram os ingredientes.
Gostei muito.
Alice



No passado dia 12 de Novembro fui fazer uma visita de estudo com a minha turma.
Fomos aprender a fazer bolas saltitonas e pega-montros.
De seguida fomos brincar, separados em dois grupos.
Ana Sofia.

Nós fomos no dia 12/11/09 ao museu de Ciência Viva de Lagos, tivemos a oportunidade de jogar alguns jogos e gostamos muito, porque aprendemos muita coisa.
Fizemos um pega-monstro e uma bola saltitona.
Ariana e o Daniel D.
No dia 12 de Novembro fui ao Centro de Ciência Viva de Lagos. Lá no Centro de Ciência Viva fizemos um pega-monstros e uma bola saltitona.
Depois de fazer o pega-monstros e a bola-saltitona fomos para outro sítio,havia um jogo e uma coisa com setas de bússolas que tinham um íman.
Gostei muito desta visita.
Miguel





Eu para fazer o pega-monstros utilizei água, borato de sódio, cola, tintas dentro de uma seringa e para fazer a bola saltitona utilizei cola e borato de sódio e farinha Maizena.
Sara
Nós fomos de autocarro ao centro de ciência de Lagos no dia 12 de Novembro.
O centro de ciência Viva é por cima do mercado de peixe, nós subimos as escadas e chegamos lá.
Nelson











Eu fui à praça do peixe e subi umas escadas e cheguei ao Centro de Ciência Viva de Lagos.
Lá fiz um pega monstro e depois fui para o jardim do Centro brincar com vários jogos.
Catarina

O nosso magusto


Temos andando um pouco desaparecidos, porque não temos tido Internet na escola, mas agora já voltou.

Vamos então contar-vos o que temos feito nestes últimos tempo, e não tem sido nada pouco.

Aqui estamos a ensaiar as canções que vamos cantar.

Depois de afinar as vozes, observar a fogueira, cantar canções de S. Martinho. chegou finalmente a hora de comer as castanhas.

Aqui está um texto de um dos colegas sobre o nosso dia.

Estava um belo dia de sol, no dia 11 de Novembro, então a nossa turma 2ºA foi lá para fora com as outras turmas.
Todos trouxeram 12 castanhas já cortadas e os professores arranjaram a caruma para assar as castanhas.
Para não estarmos a apanhar uma “seca” fomos para o campo de futebol, sentámo-nos nos bancos e cantamos umas canções para todos ouvirem.
Quando as castanhas já estavam prontas fomos comê-las.

Veríssimo

A dentição

Esta semana estamos a estudar a dentição humana.
Para melhor entenderes este tema, podes ver a apresentação que vimos na sala.


Olá amigos, aqui podem ver a história de S.Martinho que vimos na nossa sala.

Reunião de Atendimento Mensal

Olá a todos.
Recordo os Enc. de Educação que amanhã, dia 2 de Novembro, é o dia do Atendimento Mensal.
Por isso aguardamos a vossa comparência às 17h30, à excepção dos Enc. de Educação da Turma 2º A, cuja reunião começará às 18h15.
Até amanhã!

Os professores do 2º ano de escolaridade.

Os cinco sentidos


Olá a todos, esta semana temos falado muito dos cinco sentidos.
Fica aqui uma apresentação sobre este assunto para poderem rever tudo o que já sabem.
Bom trabalho!...


Halloween



"Pão por Deus"
Em Portugal, no dia de Todos os Santos, dia 1 de Novembro, as crianças saem à rua em pequenos grupos para pedir o "Pão por Deus".
Passeiam assim por toda a povoação e voltam com os seus sacos de pano cheios de romãs, maçãs, doces, bolachas, rebuçados, chocolates, castanhas, nozes e, às vezes, até dinheiro!
Há povoações em que se chama a este dia, o "Dia dos Bolinhos".


Halloween
A tradição de dar doces, guloseimas e frutas veio dos duendes (e da Irlanda).
Nessa noite eles gostavam de pregar partidas ("tricks") aos humanos. Para lhes agradar e evitar as suas maldades, as pessoas deixavam doces e frutas ("treats") à porta das suas casas.
Como se diz que nessa noite os fantasmas andam à solta, todas as partidas são válidas, mas é preciso estar mascarado como eles (os espíritos) para não sermos levados pelos fantasmas.
Para se protegerem deles, os miúdos carregam lanternas feitas com uma abóbora escavada. Essas lanternas também se põem à porta de casa, para espantar os espíritos.





Clica na imagem se tiveres coragem!...
Podes também construir este enfeite de Halloween. Clica na imagem para obteres o modelo. No final irás obter um trabalho assim.

Uns óculos para a Rita

"Uns Óculos para a Rita" vai ser a nossa obra em estudo para as próximas semanas. É um livro de Luísa Ducla Soares, e relata as dificuldades de visão de uma menina que acaba por ficar feliz por ter de usar óculos. A Rita, pisa as formigas no jardim, não vê as pintinhas nos "is" e não encontra no chão um botão que caiu do seu casaco novo.

Mas agora que a Rita já usa óculos: «De vez em quando tira os óculos para se lembrar como o mundo era antes, mas por pouco tempo, porque com eles tudo é muito mais bonito

Podes imprimir este modelo de óculos para o enfeitares à tua escolha. Não te esqueças de fazer duas hastes.


Esta semana exploramos apenas a parte exterior do livro. A partir da capa idealizamos o seu conteúdo.

“Uns óculos para a Rita”

Era uma vez, uma menina bonita que lia um livro de animais. A menina chamava-se Rita e tinha falta de vista. A menina tinha dificuldade em ler, por causa da falta de vista.
O pai levou-a ao médico dos olhos, para saber qual era o seu problema. O médico disse à Rita que ela tinha que usar óculos.
No dia seguinte, a Rita foi com o pai ao oculista comprar uns óculos amarelos.
Assim que chegou a casa, foi buscar o seu livro sobre os animais e viu que já conseguia lê-lo.
A Rita ficou muito feliz com os seus óculos amarelos.

2º ano - Chão das Donas

"Uns óculos para a Rita"
Era uma vez uma menina chamada Rita. Um dia ela apercebeu-se que não conseguia ver as coisas pequeninas e disse isso à mãe.
No outro dia a mãe levou-a ao médico oftalmologista. Ele disse que ela precisava de usar óculos.
Então, a Rita foi escolher uns óculos giros e com eles conseguia ver muito melhor.
A Rita ficou mais feliz.

2º A Texto colectivo imaginado a partir da capa

"Uns óculos para a Rita"


Era uma vez uma menina chamada Rita que tinha falta de vista e foi ao oculista. Procurou, procurou, até achar uns óculos bonitos. Encontrou uns óculos bonitos, experimentou-os e como lhe ficavam bem comprou-os.
A Rita ficou muito contente com os óculos novos.
Quando chegou a casa, abriu o portão e viu uma formiga em cima do velho muro de pedra.
A Rita levou a formiga para casa e ficaram muito amigas. Brincaram muito, leram histórias e cantaram canções.
Quando anoiteceu estavam cansadas adormeceram.
2º E
- Texto colectivo

A ópera

Fomos ver a ópera "O super Barbeiro" de Rossini, espectáculo adaptado para crianças.

Seguidamente vamos apresentar alguns dos textos que escrevemos sobre esta ópera.
A ópera chamada «O super barbeiro» é divertida.
A Rosina estava apaixonada por 1 rapaz.
Fígaro ajuda o rapaz mas era difícil porque há uma dificuldade.
O obstáculo era uma pessoa que cuida a Rosina, mas havia ajuda, atenção! O rapaz mascarou-se e correu bem.
Gostei muito.
Rafael


O homem cantava ao pé da menina que era muito bonita e queria casar com ela, mas
quando a empregada puxou a porta a menina ficou chateada.
Gabriela
Eu gostei muito da ópera porque a Rosina cantava muito bem. O rapaz amava a linda Rosina. O barbeiro ajudou o rapaz que amava a Rosina, mas o velho queria casar com ela para ficar rico. Por fim eles ficaram casados.
Ariana
No dia 20 de Outubro fui à ópera ver o Super Barbeiro. A peça era sobre um barbeiro que se chamava Fígaro. Havia um rapaz que estava apaixonado por uma rapariga chamada Rosinha.
Miguel
Eu no dia 20 de Outubro de manhã fui ver a ópera. Gostei muito de ouvir. Havia 4 personagens. Elas eram muito engraçadas e cómicas. As personagens eram o barbeiro, o doutor, o conde e madame Rosina.
Ana
Eu gosto muito da ópera.
Gostei de ver o barbeiro dançar porque era um homem que fazia de tudo para ganhar a vida.
Quando as pessoas precisavam dele chamavam pelo Fígaro. O conde gostava muito da Princesa.
No fim viveram felizes para sempre.
Alice
E agora, as magníficas ilustrações!





2º A